5 melhores práticas de website design para converter mais visitantes em clientes

jan 11, 2018 | Marketing, Website Design UX

PEDRO RAIMUNDO

@pedroraimundoib

         
8 minutos de leitura

A verdade

Muitos pessoas ainda não entendem qual é a principal função, ou o impacto, de um website para os seus próprios negócios.

Antigamente, o seu website precisava ser apenas informativo. Um website bom era capaz de comunicar o que o negócio faz, para quem ele faz e mostrar possíveis formas de contato.

Se o seu website atendesse a esses critérios de uma forma elegante e profissional, o seu website seria uma ótima fonte de oportunidades de negócios.

Hoje em dia, porém, o seu website precisa ser um pouco mais sofisticado para gerar esse tipo de resultado. A Internet se tornou saturada e barulhenta demais para um website meramente informativo se destacar frente a toda a competição por atenção existente nela.

Atualmente, em odem de converter mais visitantes em clientes, é fundamental que o seu website seja mais estratégico do que informativo. O seu website deve ser como o seu melhor vendedor. Útil, atraente e persuasivo.

Para isso ele deve entender e abordar as principais dificuldades que o seu público-alvo tem com relação aos seus produtos e serviços. Ele deve educar, guiar, interagir, dar credibilidade e gerar o máximo de valor possível para os seus visitantes.

Não que seja um problema ter um site apenas informativo, mas tenha consciência que ele deve ser estratégicamente informativo.

É atuando de forma estratégica que você irá fazer com que o seu website desempenho um papel de atrair e conquistar novos clientes. É nisso que acreditamos e é com isso em mente que desenvolvemos nossos websites.

Abaixo nós iremos lhe contar 5 práticas que julgamos fundamentais na hora de criar, avaliar, ou de refazer o seu website.

Se aplicadas corretamente, essas práticas serão capazes de ajudar o seu website a converter mais visitantes em clientes, e assim, trazer melhores resultados para o seu negócio.

1. experiência do usuário em primeiro lugar

Nos dias de hoje, não é apenas importante que o seu website seja bem otimizado para o desktop e dispositivos mobile, ou que ele carregue rápido mesmo em conexão 3G, ou que ele seja fácil de navegar, isso tudo é fundamental.

Você se surpreenderia se eu lhe dissesse em quantos websites eu entro diariamente e quantos simplesmente não atendem nenhum desses critérios.

Um website saudável, ou seja, que seja rápido e bem otimizado para diferentes dispositivos, além de gerar mais credibilidade para seus visitantes, irá melhorar o ranking do seu website nos mecanismos de busca como google e bing (SEO). Isso lhe trará mais visitantes, mais leads qualificados e mais oportunidades de negócio. Essa estratégia também é conhecida como Inbound Marketing.

Você pode verificar o desempenho do seu website utilizando as plataformas abaixo:

Google PageSpeed Insights

Google Test My Website

Mas não se engane, a experiência do usuário vai além da simples análise da velocidade e de otimização para dispositivos mobile.

A experiência do usuário envolve questões como: analisar onde o seu público está vendo o seu website (dispositivos, conexões); o que ele espera encontrar nele; qual é a sua intenção no website; o que ele vê; onde ele vê e como isso o influência.

Existe um motivo para as grandes empresas de tecnologia e comunicação como o google, facebook e amazon se importarem quase que única e exclusivamente com a experiência do usuário, é porque eles entendem que é isso que faz diferença e que traz bons resultados para um negócio.

A experiência do usuário deve ser planejada, analisada com frequência e estar em constante evolução. Use métricas como bounce rate e tempo de visita na página (ambas as métricas estão disponíveis no analytics do seu website) para avaliar a qualidade do seu website no quesito experiência do usuário

2. utilize vídeos

Se uma imagem diz mais que mil palavras imagine um vídeo.

A utilização de vídeo para negócios estão entre as grandes tendências de marketing digital e existe um bom motivo para isso – vídeos funcionam.

A maioria das pessoas, se colocadas entre as opções de ler um texto ou assistir a um vídeo que contém o mesmo conteúdo, irá escolher pela segunda opção.

Isso não significa que o seu website deve ser apenas vídeos. Mas preocupe-se em ter pelo menos um vídeo institucional ou demonstrativo, que mostra quem você é e por que você faz o que faz. Isso lhe trará credibilidade, autoridade, confiança e familiaridade. As pessoas são atraídas por isso.

A verdade é que pessoas respondem melhor a vídeos. Existe um senso maior de valor quando você passa uma mensagem utilizando vídeo ao invés de texto. Você criará conexões mais fortes e passará mensagens mais claras se for capaz de comunicar o seu valor no formato de vídeo.

3. Tenha um call to action (CTA)

Call to action (CTA) significa “chamada para ação”

Um bom website é capaz de guiar as pessoas através de uma série de informações e de influenciá-las no momento de realizar uma ação.

O seu website precisa ter um objetivo. O que você espera dos visitantes que entram no seu website?

  • Que eles preencham um formulário de contato?
  • Que eles assinem sua newsletter?
  • Que eles baixem um e-book?
  • Que eles liguem para o seu negócio?
  • Que eles comprem online?

A partir desse objetivo você deve criar CTA’s claros e facilmente acessíveis para os seus visitantes.

  • Clique aqui
  • Ligue agora
  • Baixe já
  • Compre agora
  • Preencha o formulário

Você precisa guiar e pedir para que as pessoas tomem algum tipo de ação no seu website. Se você apenas colocar alguns textos e imagens bonitas nele, você vai ter que esperar por um bom tempo para ver algum tipo de resultado.

IMPORTANTE: Antes de pedir por qualquer coisa para os seus visitantes, você precisa lhes oferecer algo de valor. Isso pode ser na forma de informação de qualidade, um e-book, um infográfico, um serviço gratuito, um cupom, etc.

DICA: Estabeleça e mensure os seus objetivos. Analise a conversão do seu website (total de ações realizadas pelo total de visitantes) e faça a otimização dele de forma constante. Assim você estará sempre controlando e melhorando o impacto do seu website na sua estratégia de marketing e do seu negócio.

DICA 2: Não utilize muitos CTA’s na mesma página. Isso deixa as pessoas confusas. Concentre-se em uma ou duas ações por página e seja consistente.

DICA 3: Um bom objetivo para a grande maioria dos websites é capturar leads (email dos visitantes) para futuras interações de email marketing.

4. Simplicidade sempre ganha

Nada, absolutamente nada de importante, deve estar a mais de 0 ou 1 clique dentro do seu website.

Crie seu website pensando no seu negócio e no seu cliente.

Se você é um restaurante, o seu cliente está com fome. Nesse caso, a maioria das pessoas, apenas quer pedir comida, ou saber a localização do seu negócio, ou saber que tipo de comida você oferece, ou ver como é o ambiente do seu restaurante.

Se você que vende algum serviço mais sofisticado, como uma consultoria ou coaching, você vai querer um website que o ajude a estabelecer confiança, credibilidade e autoridade com seus visitantes.

Para isso, utilize os depoimentos de pessoas que apreciam o seu serviço, estudos de caso e conte sua história de forma cativante. Pessoas respondem bem a essas informações e serão mais favoráveis a ouvir o que você tem a dizer se puderem ver os resultados dos seu trabalho.

Nada que seja importante deve ser complicado. Coloque as informações mais relevantes para o seu público em lugares visíveis. Guie os seus visitantes por essas informações e garante que não haja dúvidas do que precisa ser feito para fazer negócios com você.

5. Seu Website, Seu melhor vendedor

Esse é o principal conceito que você deve guardar dessa postagem. Se você puder guardar apenas uma das práticas que abordamos aqui, guarde essa. É difícil demonstrar em palavras o quanto ela é importante e o quanto acreditamos nela.

Se você ainda não tem certeza das informação que você precisa colocar no seu site ou o que você deveria escrever nele, pergunte ao seu melhor vendedor:

Qual o maior problema que nossos clientes tem? Quais são as perguntas? Quais são as objeções? No que eles acreditam? O que eles enfrentam? Qual é a intenção deles?

No fim do dia, seu cliente te procura ou te encontra porque ele quer uma solução para um problema.

O seu website deve mostrar como você entende e reconhece esse problema. Mais que isso, ele também deve demonstrar como você possuí a melhor solução para resolvê-lo.

DICA BôNUS: SEJA PESSOAL

Existe uma coisa comum entre a maioria dos websites de negócios – todos parecem estar lá apenas comunicar o quão bom os seus produtos e serviços são.

Você já esteve naquela conversa com uma pessoa que só fala sobre ela mesmo e o quão boa ela é?Não é o tipo de conversa muito agradável certo.

Crie a comunicação do seu site com isso em mente. Faça com que o seu website pareça como uma conversa, onde você está abordando todas as questões e objeções do seu cliente ideal.

Seja mais pessoal na forma como você se comunica com seu cliente e ele irá responder melhor aos seus CTA’s. Isso lhe ajudará a converter mais visitantes em clientes e a alcançar os objetivos do seu negócio.

 

QUE TAL TRANSFORMAR ESTRANHOS NA INTERNET EM CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO?

Preencha o formulário abaixo e baixe agora nosso e-book GRATUITO. Ele contém o passo a passo de como transformar estranhos na Internet em clientes para o seu negócio.

loading...
       

Achou o conteúdo interessante? Considere compartilhá-lo em uma das mídias abaixo  e comente o que você achou no post. Basta clicar na sua mídia de preferência

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *